Seminário aqui no Espírito Santo – Vila Velha

Fala galera!!!

Vocês não tem idéia de como estou contente de colocar este post aqui hoje! =D

Dias 29 e 30 de junho vamos receber aqui em Vila Velha o Sensei Clauber Scarparo, 4º Dan Aikikai.

Para participar basta inscrever-se utilizando o formulário de pré-registro e termo de responsabilidade e realizar o pagamento da taxa na sede da Associação Hikari (aqui no Senshin Dojo – Vila Velha), procure pelo Cadu. Para ter acesso ao formulário e ao termo clique Formulario de pré registro e termo de responsabilidade.

Ressaltamos que o evento é aberto a todas as escolas e esperamos todos aqui nestes dias.

Vamos receber nosso Sensei com toda a atenção que ele merece, conto com a colaboração de todos os alunos do dojo.

Abraço galera!

Você já se machucou praticando Aikido?

Fala galera…

Quem aí já se machucou praticando uma arte marcial?

E praticando especificamente Aikido?

Difícil não conhecer um Aikidoka que não tenha sofrido qualquer lesão durante o seu aprendizado, não é mesmo!?

Em meu trabalho de conclusão de curso na faculdade de Educação Física estudei exatamente isso, a prevalência de lesões no Aikido. Neste estudo, conseguimos constatar que a prevalência de lesões no Aikido acontece durante as quedas (ukemi). Na época uma das hipóteses levantada para justificar isso era uma possível falha na didática de ensino desta habilidade, sendo possível uma intervenção para melhorar este processo de aprendizagem.  Atualmente penso de outra forma que vai de encontro com uma colocação feita pelo instrutor Bruno do Senshin Dojo nesse vídeo aqui:

“A lesão geralmente você sofre quando não tá caindo direito e vai insistir em alguma técnica… mas é muito mais uma coisa pessoal. (Instrutor Bruno)”

Realmente as quedas causam muitas lesões. Você cai com o ombro no chão, com as costas, as pernas ficam no ar e as vezes uma delas presa no hakama do nage, enfim… são várias as possibilidades de se machucar executando o papel do uke. Gosto muito da parte em que o Bruno destaca que isso é algo pessoal. A lesão está intimamente ligada ao seu estado mental, ao seu comprometimento, à sua intenção naquele momento… diria que pouco é atribuído a habilidade de cair, essa parte é fácil de corrigir.

Pra mim Aikido é um diálogo corporal. Se não estivermos preparados para ouvir com o corpo o que o nage quer nos dizer, não seremos capazes de responder de forma coerente e harmônica. Eu já me machuquei quando era mais novo no Aikido… tenho uma cirurgia que me lembra constantemente disso, mas não culpo a pessoa que treinava comigo na ocasião. O resultado pode parecer duro e até “violento”, mas me fez abrir os olhos e os ouvidos… eu não estava respondendo coerentemente. Hoje essa situação mudou, acredito que consigo manter um bom diálogo no tatame, com qualquer pessoa, desde que ela também esteja disposta a dialogar… rsrs

E um outro fator importante é que este diálogo pode ser bem firme… justo. Alguns praticantes de Aikido são famosos pela intensidade com a qual aplicam suas técnicas… gosto muito de observar o relaxamento que eles imprimem em suas performances, os faz parecer “violentos” quando estão somente relaxados. Se não estivermos preparados para ouví-los fazendo ukemi, o resultado pode não ser agradável… e na minha opinião, o produto dessa interação não será de responsabilidade exclusiva deles, mas também de nós que não estávamos preparados para responder em consonância com a técnica proposta.

Fica aí a minha impressão para tentar se proteger e ao mesmo tempo criar um treino bastante positivo e sincero. Protejam-se o tempo todo e abram os “ouvidos”…

Abraço galera… bons treinos a todos!

O teste do tempo

Quanto do seu tempo você dedica ao Aikido? Há quanto tempo você estuda Aikido?

Sempre me deparo com essas perguntas e a minha resposta pra elas em relação à mim é: não o suficiente!

Gostaria de me dedicar muito mais ao Aikido e ainda vou atingir essa meta! Espero que cada um que leia o texto abaixo possa se sensibilizar e avaliar o tempo que tem reservado para seus estudos. Avalie e reavalie sempre!

Abraço galera… bons treinos!

Escrito por: Rey Robles – Southern Maryland Aikido Center

Traduzido por: Cadu

Texto original: http://usafaikidonews.com/the-test-of-time/

“Tempo é livre, mas não tem preço. Você não pode controlá-lo, mas pode usá-lo. Você não pode guardá-lo, mas pode gastá-lo. Uma vez que o tenha perdido, você nunca irá recuperá-lo.”

Como muitos de vocês devem saber, comparado com muitos com quem eu treino, sou novo na prática do Aikido. Eu não tenho os anos de treino contínuo. Enquanto praticava, pude perceber que há graduações e exames, mas o elemento determinante e verdadeiro no treino e desenvolvimento do meu Aikido é o teste do tempo.

Isto não é uma idéia nova e tenho certeza que não sou o único a experimentar isso. O tempo é finito. Tem suas fronteiras e limites. Nossa existência é cronometrada. Como escolhemos usar o tempo é crucial. Para nós que escolhemos fazer do Aikido parte de nossas vidas, somos alertados do comprometimento que ele exige. Somos alertados que o Aikido não é uma simples atividade recreacional para ser praticada aos finais de semana.

Olhe atentamente para as suas inspirações no Aikido. Se você os observa e admira as habilidades que eles possuem, pergunte-se o que os levou a esse patamar. Eles tem um item principal em comum: todos se dedicaram ao Aikido. Eles fizeram do Aikido uma parte de suas vidas e nós estamos testemunhando os resultados. Não sei de vocês mas eu quero imitar estes resultados. Admiro os Senseis de Aikido e quero um dia atingir o que eles atingiram.

Como relatado antes, nosso tempo é limitado. Aceitando os desafios do comprometimento e dedicação que o Aikido exige de nós, enfrentaremos o verdadeiro teste do tempo.

Continuem treinando duro, sinceramente e apaixonadamente.

Festival de Culinária Japonesa

Ainda vamos organizar um desse aqui no dojo… mas, enquanto isso não acontece, podemos apreciar estes pratos lá na Associação Nikkei de Vitória.

Dia 26/05 das 18:00 às 22:30 horas. Entrada pelo estacionamento do parque Pedra da Cebola.

Vejo vocês lá galera!

Feliz Dia das Mães

Tá chegando o dia das mães galera!!!

Quero aproveitar a oportunidade e o espaço para parabenizar a todas as mães pelo seu dia.

Imaginamos como deva ser difícil desempenhar este papel. Só eu sei quanto trabalho e quanta preocupação já proporcionei à minha mãe… rsrs

Ela sempre me apoiou, desde o primeiro momento  que decidi praticar o Aikido, ela sempre esteve presente, cuidando dos meus machucados, cuidando dos meus dogis, me apoiando quando fiz minha cirurgia no ombro, contribuindo no meu processo de formação de cidadão, homem de bem. Com certeza o resultado seria bem diferente se ela não estivesse por perto (pra pior é claro!).

Obrigado mãe, por todo seu esforço e carinho, você se saiu extremamente bem!!! Nunca vou me esquecer de tudo que você já fez e ainda faz por mim só para eu chegar onde cheguei!!!  Amo você!!! Parabéns!!!

Feliz Dia das Mães! Um parabéns especial pra todas as mães do Senshin Dojo!