Preparação física no Aikido. Isso realmente existe?

Já faz um tempo que me pediram pra colocar algo relacionado à preparação física aqui no blog. Lamento pela demora.

Aí vai a minha opinião, que está longe de ser uma verdade absoluta. Por favor, sinta-se à vontade para deixar a sua.

Assim como vários praticantes de lutas, artes marciais e modalidades de combate, vejo a prática do Aikido como algo bastante ligado ao preparo físico. É claro que não defendo que devemos ser atletas, pois o esporte de alto rendimento não é sinônimo de saúde, muito pelo contrário, e acredito também que este não seja o objetivo de 90% das pessoas que buscam o Aikido. Entretanto, devemos observar alguns quesitos importantes de qualidade de vida, como por exemplo, a recomendação da Organização Mundial da Saúde para realização de no mínimo 30 minutos de atividades aeróbicas por dia para deixarmos a condição de sedentários.

Se avaliarmos o preparo físico de um atleta de jiu-jitsu e compararmos com o de um praticante de Aikido, acredito que constataremos algumas diferenças bastante interessantes, pra não dizer drásticas, em relação à condição cardiorespiratória, capacidade neuromuscular, flexibilidade, antropometria , entre outros. Hoje acredito que a prática do Aikido deixa a desejar neste aspecto por conta de sua filosofia. Como no Aikido não há competições e se preza pelo trabalho “cooperativo”, não há necessidade de vencer o oponente pela força, portanto, o foco no preparo físico é deixado em segundo, terceiro, quarto… vigésimo oitavo plano.

Agora, concordo em gênero, número e grau com José Pires Gonçalves quando ele diz: “De nada adiantará a técnica ou a habilidade sem o lastro que lhes dá a forma física – melhor preparo físico redunda num melhor desempenho técnico.” Mas também não gosto de pensar que este é um fator que se sobrepõe aos outros. A preparação física é somente um dos fatores que contribui para o resultado de um embate, e acredito que não é o mais importante, pois como se sabe, praticantes de alto nível de qualquer modalidade, tem perfil técnico-tático superior. Segundo Todd, M. e outros autores, no jiu-jitsu, por exemplo, um estudo realizado com 23 atletas para observar se havia correlação entre os aspectos do preparo físico e o desempenho competitivo, constatou-se que um elevado nível de preparo técnico-tático e não de preparo físico era determinante para o melhor desempenho.

Na nossa escola percebo um grande foco na parte técnico-tática durante treinos, seminários, etc. Em outras escolas, o foco é dado à aspectos mais filosóficos, deixando em segundo plano até mesmo o aspecto técnico-tático. Mas acho que todos concordam que um baixo nível de condicionamento físico pode limitar/comprometer o desempenho de um praticante, e por conseqüência, o seu desenvolvimento como praticante de uma modalidade marcial.

Acho que uma boa pergunta é: “Qual o objetivo de cada um ao ingressar no dojo?” Quando respeitamos isso, quaisquer aspectos podem ficar em primeiro, segundo ou vigésimo oitavo plano; neste ponto gosto de pensar como me ensinaram meus senseis, Clauber e Tharso, o que importa é fazer com que o praticante deixe o dojo sentindo-se melhor do que quando entrou.

Abraço galera… bons treinos, sejam eles físicos, técnico-táticos, filosóficos ou de qualquer outro cunho…

Deixo abaixo um vídeo sobre a preparação física, técnica e mental de um dos ícones do jiu-jitsu brasileiro, Rickson Gracie, na esperança de inspirar mais pessoas a cuidar da saúde e do corpo com foco na prática de luta, artes marciais e modalidades de combate, principalmente o Aikido, onde, na minha opinião, precisamos tanto deste alerta.

Bibliografia

Todd, M.; Harrison, M.; Chisnall, P. Sports specific fitness of Jiu-Jitsu martial artists. Medicine and Science in Sports and Exercise, V. 31, n. 5, p. S748, 1999.

Paiva, Leandro. Pronto pra Guerra: preparação física específica para luta & superação. 2. Ed. Manaus, AM. OMP Ed., 2010.

11 opiniões sobre “Preparação física no Aikido. Isso realmente existe?

    • rsrs…
      Valeus… já tinha um tempo que eu tava querendo levantar essa bola!
      Realmente acho que precisamos prestar um pouquinho mais de atenção neste aspecto. Acredito que o resultado será bastante positivo.
      Abração brother!

    • Obrigado Juarez…
      Que bom que gostaram do treino… A Karine é, sem dúvida alguma, uma excelente instrutora. Fique tranquilo, ela vai conduzir mais treinos. Abração!

  1. Nas condições atuais que eu pratico, eu não vejo nenhum problema em o aikido se descuidar deste preparo físico que a maioria das artes marciais se preocupam. Até me ousaria dizer que se os treinos não fossem “leves” estaria ariscando a minha saúde! Deixe do jeito que estar, por que assim estar ótimo… Mesmo treinando uma vez por semana, sinto o meu crescimento nas miudezas e isso me estimula a continuar treinando ainda mais.

  2. Muito oportuna essa sua abordagem. Às vezes verificamos em praticantes de Aikido posturas dissociadas de uma prática marcial. O Aikido tem um enfoque filosófico e até espiritual o que é um diferencial positivo. No entanto, não podemos descuidar do enfoque marcial, posto que é uma arte criada por um verdadeiro guerreiro, como O Sensei Morihei Ueshiba. Quem conhece a história pode verificar sua performance técnica, tendo acompanhado Onisaburo Degushi na ida à Manchúria, não somente como discípulo, mas fazendo a sua segurança, bem como pelos desafiantes que ele superou, quanto inevitavelmente desafiado. Quando treino de forma mais intensa, percebo a melhora no meu rendimento técnico e também espiritual, pois com a melhora do domínio do corpo, fico mais compenetrado e espiritualmente melhor. Para que deixemos a mente agressiva de lado, precisamos nos sentir mais seguros, e esse é o papel do Aikido enquanto arte marcial. A gentileza deve ser forte, pois assim é harmoniosa. Tem de se estar seguro para ceder. Senão o que haverá é submissão.

    Esse é o meu mero ponto de vista, que não pretende ser o mais ou menos correto, mas que pretende contribuir com o debate levantado.

    Abraço a todos e parabéns a Cadu por este espaço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s